Notícias | Dia a dia
Adiamento olímpico não muda preparação de Osaka
30/04/2020 às 15h48

Osaka é uma das grandes esperanças de medalha para a torcida japonesa

Foto: Arquivo

Tóquio (Japão) - Grande esperança de medalha para o Japão nas Olimpíadas de Tóquio, Naomi Osaka afirma que sua preparação não muda mesmo após o adiamento dos Jogos por conta da pandemia da Covid-19. A ex-líder do ranking e atual décima colocada espera estar pronta para os Jogos, que começarão no dia 23 de julho de 2021.

"Como a maioria dos atletas que estavam treinando, fiquei decepcionada no começo, mas quando você percebe que o adiamento é melhor para o mundo inteiro, você sabe que o esporte pode esperar. Estaremos reunidos e prontos para jogar em 2021", disse Osaka, em entrevista à agência Reuters.

"Na verdade, sinto muito por quem iria competir em esportes como o atletismo, porque eles trabalham por quatro anos e planejam atingir o pico exatamente naquele momento", acrescenta a vencedora de dois Grand Slam. "Agora, a programação deles provavelmente fica tumultuada. O tênis é um pouco diferente, então não preciso alterar muito a minha preparação".

Osaka também falou sobre a preparação que a capital japonesa tem feito para receber o maior evento esportivo do mundo. "Conheço muitas pessoas, incluindo amigos íntimos, que trabalharam tanto nos Jogos, e sei como isso tem sido difícil para as pessoas no Japão".

"Mas é claro que é a decisão certa, e que tem todo o meu apoio. Estou realmente esperançosa de que as Olimpíadas agora sejam uma celebração massiva para o mundo depois dessa pandemia", complementou a japonesa, que terá 23 anos durante os Jogos Olímpicos.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva