Notícias | Dia a dia
Roddick diz que precisam aprimorar ajuda do top 100
24/04/2020 às 08h57

Nova York (EUA) - O norte-americano Andy Roddick se mostrou favorável à ideia de ajuda do top 100 para os tenistas de menor ranking, contudo destacou que usar apenas a posição do ranking como parâmetro não é a melhor saída. Ele afirmou para o Tennis Channel que prefere definição através da quantidade de premiação já faturada na carreira.

“É excelente usar o ranking como base, mas disse a eles que talvez devessem criar um critério diferente para definir e referenciar os líderes de prêmios em dinheiro. Talvez essa seja uma maneira melhor de equilibrar as contribuições. Por exemplo, alguém como (Andy) Murray poderia pagar como um top 5”, afirmou o ex-número 1 do mundo.

Roddick destacou a importância do apoio mostrado pelo sérvio Novak Djokovic, pelo suíço Roger Federer e pelo espanhol Rafael Nadal à iniciativa. “As melhores ideias serão mais fortes quando forem defendidas pelos líderes do nosso esporte, seja na quadra ou fora dela. Novak, Rafa e Roger sempre fizeram isso”, comentou o norte-americano.

“Quero ver como tudo isso se reflete nas intenções dos jogadores e até que ponto a ajuda dos Grand Slams virá. Estes torneios representam 81% da renda do tênis, portanto, devem contribuir com uma parte importante desta proposta”, finalizou Roddick.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva