Notícias | Dia a dia
Franceses priorizarão top 100 no complexo de Paris
18/04/2020 às 13h51

Paris (França) - Além de abrigar Roland Garros, o complexo da Federação Francesa de Tênis (FFT) recebe os jogadores para treinos em suas quadras, mas por causa do coronavírus atualmente está fechado, funcionando como hospital improvisado para ajudar a combater a pandemia. Também continuam as obras para terminar o teto da quadra central, só que com sérias restrições.

+ França planeja circuito paralelo no saibro antes de RG
+ França investe 35 milhões de euros para ajudar o tênis

Já pensando no retorno dos tenistas ao local, assim que passar este período mais delicado do surto da Covid-19, a FFT planeja reduzir a circulação de pessoas no local em um primeiro momento e por isso irá restringir as atividades, segundo informa o Marca. Ainda não houve definição sobre o número máximo, mas top 100 e membros dos times da Fed Cup e Copa Davis terão prioridade.

Os demais jogadores deverão procurar treinar em clubes próximos para garantir a segurança, seguindo as medidas de distanciamento social. O presidente francês Emmanuel Macron estendeu o confinamento do país até 10 de maio, data até a qual jogadores terão que esperar para retomar aos treinos.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva