Notícias | Dia a dia
Canadenses cancelam Premier e estudam Masters
11/04/2020 às 17h44

Montréal não terá a versão feminina da Rogers Cup dando sinal que parada será ainda mais longa

Foto: Arquivo

Montreál (Canadá) - Diante da ordem governamental de não se realizar eventos esportivos na região de Quebéc até 31 de agosto, os organizadores não viram outra saída senão cancelar a disputa do WTA Premier de Montréal, torneio previsto para o período de 10 a 16 de agosto.

Desde a sexta-feira, quando veio a determinação governamental, estudava-se uma alternativa para adiar o torneio feminino. Mas diante da falta de calendário, veio a decisão de cancelamento definitivo.

O Rogers Cup agora tentará realizar a versão masculina, prevista para o mesmo período, porém na cidade de Toronto, onde não existe a mesma norma de quarentena até agora.

Também foi definido que Montréal receberá a competição feminina em 2021. Dessa forma, há a chance de Toronto receber o torneio masculino por duas temporadas seguidas, se o evento deste ano permanecer no calendário do circuito da ATP.

De qualquer forma, ATP e WTA pretendem decidir o que irá acontecer com a temporada de verão norte-americano até o dia 1º de junho. Espera-se também alguma decisão da USTA, que organiza o US Open. O segundo mais antigo Grand Slam está marcado para dia 31 de agosto, porém Nova York é o epicentro da pandemia de coronavírus nos EUA.

Comentários
Loja - camisetas
Arena BTG