Notícias | Dia a dia
Definição sobre US Open não passará de junho
10/04/2020 às 11h41

Montréal (Canadá) - A série de cancelamentos no circuito começou com Indian Wells, seguiu para Miami e logo em seguida veio metade da temporada de saibro. Na sequência veio o restante do saibro e depois toda a temporada de grama. Com retorno previsto para 13 de julho, os próximos eventos na mira são os na América do Norte antes do US Open.

De acordo com Eugene Lapierre, diretor do Masters 1000 canadense, a decisão sobre esta série de torneios acontecerá até junho. “Percebo muita impaciência em todos os eventos do calendário. Estamos trabalhando com muitos cenários possíveis que precisam ser atualizados à medida que a pandemia avança”, disse em entrevista à mídia canadense.

“Os diretores dos torneios pertencentes à temporada de grama pressionaram bastante a ATP a tomar uma decisão com meses de antecedência. O que todos concordamos é a necessidade de tomar uma decisão o mais rápido possível e por isso estabelecemos o limite em junho”, contou o dirigente.

Ele também levantou a possibilidade de tentar adiar os torneios. “Sim, é possível, já conversamos com ATP e WTA e isso seria viável, fixando a disputa dos torneios em meados de outubro. O que não consideramos em nenhum caso é jogar a portas fechadas. A renda dos direitos de televisão não é tão grande e assim perderíamos dinheiro. Não contemplamos essa opção”.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva