Notícias | Outros
Tênis adaptado no quintal é exibido ao vivo por TV
08/04/2020 às 15h27

Competição teve quatro jogadores. Todos usavam luvas e levaram bolas de casa. O campeão não pôde tocar no troféu.

Foto: Harry Cicma Productions/Reprodução

Wilton (EUA) - Apesar da recomendação da Associação de Tênis dos Estados Unidos (USTA) de que a prática do esporte não é segura em meio à pandemia da Covid-19, por conta do risco de contaminação das bolinhas e de áreas comuns das quadras, um grupo de tenistas da cidade de Wilton, em Connecticut, encontrou um meio de não ficar tanto tempo sem jogar.

Segundo a reportagem do New York Times, quatro jogadores disputaram um torneio de tênis adaptado na quadra montada nos fundos da casa de um dos participantes. Todos usavam luvas e disputavam seus games de serviço com bolas próprias. Nas viradas de lado, cada jogador passava por uma ponta da rede, para manter o distanciamento. As raquetes utilizadas eram do modelo mais comum em jogos de pádel.

O campeão foi um canadense de 40 anos chamado Mark Parsons, que já jogou tênis profissionalmente e até trabalhou na comissão técnica equipe de seu país na Copa Davis. Ele disse à reportagem que mora a apenas sete minutos de carro do local onde o torneio foi disputado, mas não pôde levar o troféu para casa. "O cara que trouxe o troféu era o único que tinha permissão para tocá-lo. Estávamos fazendo o possível para manter o distanciamento social".

A competição teve até transmissão de TV. A produtora independente Harry Cicma Productions gerou imagens que foram exibidas ao vivo pela ESPN 3 dos Estados Unidos. Para Burke Magnus, vice-presidente executivo de aquisição de programas da emissora, "há claramente uma sede por jogos ao vivo. Isso pode oferecer uma oportunidade única de apresentar eventos ou ligas que não teriam tanta exposição".

"Eu faria qualquer coisa no mundo para mudar essa situação para voltar ao normal", disse Harry Cicma, cuja produtora organizou o evento e fez o acordo com a ESPN. "Muitas pessoas estavam entrando em contato comigo deprimidas por não terem esportes ao vivo, e eu estava pensando em maneiras de fazer isso de uma forma segura, e em quais esportes que funcionariam. O futebol, o beisebol ou o basquete precisam de locais públicos, mas você pode praticar o tênis na casa de alguém de maneira segura".

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva