Notícias | Dia a dia
Holandês afirma que o tênis é maior que o Big 3
09/04/2020 às 08h00

Roterdã (Holanda) - Enquanto muitos questionam como será o circuito depois da aposentadoria, para o holandês Robin Haase hão haverá problemas. Embora reconheça o tamanho que têm o suíço Roger Federer, o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic, o atual 170 do mundo e ex-número 33 da ATP afirma que o tênis é maior do que os três.

“O mesmo poderia ser questionado quando Agassi e Sampras reinaram, assim como quando tivemos Borg e Lendl. Não acho que o tênis tenha problemas. Como atleta, você não pode ser maior que o esporte. Temos jogadores incríveis, não apenas o Big 3 ou o Big 4”, afirmou o holandês, lembrando também do britânico Andy Murray, em conversa com o podcast de Tennis with an Accent.

“Há também tenistas como Wawrinka, que joga um tênis incrível, e todo o NextGen, que tem ótimos garotos”, observou Haase, que já conquistou dois títulos como profissional e tem algumas partidas guardadas com carinho na memória.

Um desses jogos que Haase não esquece é a derrota que sofreu diante do espanhol Rafael Nadal em Wimbledon 2010, chegando a abrir vantagem de 2 sets a 1 antes de levar a virada. “Perdi em 5 sets, voltei para o vestiário e disse ao meu treinador: ‘Muito bom. Não pude fazer mais nada hoje. Acontece muito raramente ir para o vestiário e não poder reprovar nada do que fez. Conto esses jogos com os dedos de uma mão”, afirmou o tenista de 33 anos.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva