Notícias | Dia a dia
Especial: Larri indica os maiores jogos de Guga
06/04/2020 às 11h15

São Paulo (SP) - TenisBrasil inicia nesta semana uma série de reportagens especiais em que os principais tenistas brasileiros foram convidados a relembrar os cinco jogos que consideram mais marcantes em suas carreiras.

O técnico Larri Passos foi o primeiro e seu depoimento foi tão espontâneo e emocionante que acabou incluído no Podcast de TenisBrasil (clique o vídeo acima para ouvir os detalhes de cada jogo apontado pelo ele).

Larri acabou escolhendo seis e não cinco partidas inesquecíveis. Seguem aí para você conferir e opinar:

1. Final de Roland Garros de 1997
Depois de uma campanha inesperada, em que derrotou tops e campeões como Thomas Muster e Yevgeny Kafelnikov, a decisão foi diante de Sergi Bruguera, com dois troféus no currículo. E o placar foi arrasador: 6/3, 6/4 e 6–2.
Clique aqui e veja a partida completa
Clique aqui e veja os melhores lances

2. Título em Stuttgart de 1998
Primeiro título de Guga após a façanha de Roland Garros, foi fundamental para recuperar seu prestígio e encerrar as cobranças locais. Na campanha, venceu Meligeni, Carlos Costa, Albert Costa e Carlos Moyá. A virada na final foi em cima de Karol Kucera, por 4/6, 6/2 e 6/4.
Clique aqui e veja a partida completa

3. Semifinal de Lisboa em 2000
Com duas vitórias e uma derrota (para Agassi, logo no jogo inicial), Guga chegou à semifinal da Masters Cup contra Pete Sampras, para quem havia perdido duas vezes (Masters Cup de 1999 e Miami de 2000). Perdeu o primeiro set no tiebreak e aí engatou reagiu, anotando o placar final de 6/7 (5-7), 6/3 e 6/4.
Clique aqui e veja a partida completa
Clique aqui e veja os melhores lances

4. Conquista de Lisboa em 2000
Com a derrota de Safin na outra semi, Guga poderia não apenas entrar para a história com o título da Masters Cup como também se tornar o número 1 do mundo. Seria então o nono duelo contra Agassi, contra quem o brasileiro tinha três vitórias, todas na quadra dura, mas acabara de perder na estreia de Lisboa. Aplicou um indiscutível triplo 6/4 e se tornou o primeiro a derrotar seguidamente Sampras e Agassi.
Clique aqui e veja a partida completa
Clique aqui e veja os melhores momentos

5. Final de Hamburgo em 2000
Era o grande título no saibro que faltava a Guga, e que veio imediatamente antes do bi em Roland Garros. A maratona contra o jovem Marat Safin foi incrivelmente tensa e de alto nível, com placar final de 6/4, 5/7, 6/4, 5/7, 7/6 (7-3), então o terceiro troféu de Masters de Guga.
Clique aqui e veja os melhores momentos

6. Título de Cincinnati em 2001
O segundo grande título de Guga sobre a quadra dura. A campanha foi espetacular, com vitórias sobre Roddick, Haas, Ivanisevic, Kafelnikov e Henman. Ele tinha três vitórias em seis duelos contra Rafter e havia feito semi duras horas antes, mas atropelou com 6/1 e 6/3.
Clique aqui e veja os melhores momentos

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva