Notícias | Dia a dia
Schett: 'Chances do recorde de Serena diminuem'
05/04/2020 às 12h20

Londres (Inglaterra) - Prestes a completar 39 anos, Serena Williams precisa de apenas mais um título de Grand Slam para igualar as 24 conquistas da recordista Margaret Court. Mas para a ex-número 7 do mundo Barbara Schett, as chances de Serena conseguir o sonhado troféu diminuem por conta do cancelamento de Wimbleon e da paralisação do circuito profissional em meio à pandemia da Covid-19.

As competições estão paradas até, pelo menos, o dia 13 de julho. Mas o circuito pode demorar ainda mais para voltar devido ao risco de transmissão do novo coronavírus. "Essa pausa forçada certamente não é boa para ela ou outros jogadores mais velhos. E se você fica alguns meses sem jogar também não ajuda", escreveu Schett, em coluna publicada no site do Eurosport.

A ex-jogadora profissional austríaca, que chegou ao top 10 em 1999 e ganhou três torneios da WTA, destaca que surgem cada vez mais jogadoras com potencial de superar Serena. Ainda assim, a norte-americana segue no top 10, ocupando o nono lugar do ranking e já ganhou um título em Auckland nesta temporada.

"Eu estava convencida no ano passado que ela ganharia um título de Grand Slam, mas agora estou começando a achar que não é tão possível", disse a austríaca, lembrando que Serena foi vice-campeã em Wimbledon e no US Open tanto em 2018 quanto no ano passado.

"Existem jogadoras que sabem como vencê-la, sua mobilidade já não é tão boa, e ela fica mais nervosa, pressionada para vencer outro Slam. Eu ainda acho que ela pode vencer mais vezes, mas certamente será muito mais difícil do que nos últimos dois anos", complementou a ex-atleta e agora a comentarista de TV.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva