Notícias | Dia a dia
Becker minimiza impacto financeiro de Wimbledon
05/04/2020 às 11h31

Londres (Inglaterra) - Apesar do cancelamento de Wimbledon, Boris Becker acredita que o Grand Slam britânico não terá grande impacto financeiro. O ex-número 1 do mundo e tricampeão do torneio destacou o fato de a competição ter um seguro para o casos excepcionais, como a pandemia da Covid-19, além de a decisão ter sido amparada também pelo fato de as quadras de grama não ficarem nas melhores condições em outras épocas do ano.

"Não acho que Wimbledon esteja com problemas financeiros com esse cancelamento. É um dos torneios mais bem-sucedidos do calendário", disse Becker em programa do Eurosport, emissora em que atua como comentarista. "O torneio fez um seguro contra a pandemia, o que ajudará reduzir o impacto econômico. Acho que foi uma decisão razoável. A saúde vem em primeiro lugar".

"O problema maior é com o piso. Você só tem os meses de verão para preparar as quadras de grama, como as de Queen's e Wimbledon", explicou o vencedor de seis títulos de Grand Slam. "Mas, para fazer isso, a quadra de grama precisa de muito mais tempo de preparação do que qualquer outro piso. Você pode jogar Roland Garros ou o US Open em outras datas, talvez em outubro. Na grama, só dá para jogar nos meses de verão".

Comentários
Loja - livros
Calhau