Notícias | Dia a dia
Berrettini sobre Federer: 'Como se ele fosse um deus'
03/04/2020 às 15h47

Roma (Itália) - Atual número 8 do mundo, o italiano Matteo Berrettini não escondeu nem um pouco toda a idolatria que tem pelo suíço Roger Federer, em entrevista à agência nacional de notícias do seu país. O tenista de 23 anos disse se inspirar no veterano de 38 anos desde pequeno e que agora no circuito precisou deixar de lado essa admiração.

“É o meu ídolo e eu amava como se ele fosse um deus. É difícil de explicar. Também é incrível que já tive a chance de enfrentá-lo. Ganhava tudo quando eu era criança, mas agora deixei de torcer por ele porque somos rivais, mas nos Jogos Olímpicos de Tóquio se não for eu a ganhar espero que seja ele. Seria especial”, contou Berrettini.

O italiano já teve duas oportunidades de dividir a quadra com Federer em um jogo válido pelo circuito, ambas no ano passado. O tenista da Basileia levou a melhor nas duas, primeiro arrasou Berrettini nas oitavas de Wimbledon, cedendo apenas cinco games, e depois teve um pouco mais de dificuldade no ATP Finals, mas ainda assim triunfou em sets diretos.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva