Notícias | Dia a dia
Courier: 'RG reconheceu erro de não avisar ninguém'
03/04/2020 às 14h36

Nova York (EUA) - A decisão de mudança de data anunciada por Roland Garros continua recebendo críticas dos tenistas e o último a disparar contra a organização foi o uruguaio Pablo Cuevas, que não gostou nem um pouco de como aconteceu essa definição. Para o norte-americano Jim Courier, a própria direção do Grand Slam francês reconheceu nos bastidores o seu erro.

“Até onde eu sei, Roland Garros reconheceu rapidamente o erro de marcar uma nova dada sem notificar alguém mais de sua decisão. Acho que houve muitas discussões entre as potências existentes desde que tudo isso aconteceu”, disse o ex-número 1 do mundo em entrevista ao New York Times.

Um dos críticos mais recentes à mudança unilateral, sem consultar jogadores e demais torneios, Cuevas lamentou a forma como tudo aconteceu. “Acho que a decisão de Roland Garros foi um pouco apressada, até onde eu sei, sem consultar a ATP. Além disso, parece que eles não levaram em conta o restante dos torneios, o calendário, foi algo estranho”, reclamou.

“Ainda mais neste momento de solidariedade, onde deveríamos pensar uns nos outros, foi bastante egoísta avançar e marcar datas sem se preocupar com os jogadores e com o restante do calendário do tênis. Todos os jogadores ficaram um pouco surpresos”, complementou o uruguaio.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva