Notícias | Dia a dia
Dois torneios na grama buscam novas datas
02/04/2020 às 16h28

ATP de Mallorca e WTA de Berlim ainda cogitam a hipótese de adiamento das competições

Foto: Arquivo

Berlim (Alemanha) - Com o cancelamento de Wimbledon e a determinação da ATP e da WTA de suspenderem seus circuitos profissionais até 13 de julho, os organizadores de alguns torneios que aconteceriam durante a temporada de grama tentam viabilizar a realização desses eventos em outras épocas do ano. É o caso do ATP 250 de Mallorca e do WTA Premier de Berlim.

Diretora do torneio feminino na capital alemã, Barbara Rittner comentou sobre a possibilidade de adiar a edição inaugural do evento, que estava marcada para acontecer entre os dias 13 e 21 de junho. No entanto, ela entende que a prioridade no momento está em concentrar esforços para conter o avanço da pandemia da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

"No momento, é de extrema importância seguir as orientações das autoridades para acabar com a pandemia o mais rápido possível. A saúde é a coisa mais importante. Naturalmente, isso também é válido para o circuito do tênis. Adiar o torneio para outra data em 2020 é uma opção para nós, mas somente quando a situação melhorar o suficiente para que o circuito da WTA possa ser retomado novamente sem preocupações", avaliou Rittner, que antes de assumir essa função era capitã da equipe alemã da Fed Cup.

Já a organização do ATP de Mallorca, que estrearia no calendário do circuito a partir de 21 de junho, foi representada por Edwin Weindorfer, CEO da promotora e|motion, responsável pelo evento. Lembrando que a cidade espanhola recebia um evento da WTA até o ano passado, mas decidiu organizar um torneio exclusivamente masculino a partir desta temporada, que marcaria uma grande reestruturação do calendário de torneios na grama.

"Nos próximos dias, analisaremos todos os cenários possíveis para a primeira edição do torneio, em estreita coordenação com a ATP e nossos parceiros. Isso inclui a possibilidade de adiar o evento para outra data em 2020", anunciou o executivo. "Sem dúvida, o principal fator determinante na tomada de decisões será sempre a atual situação de saúde e a retomada do circuito em condições ideais que evitem qualquer risco para torcedores, jogadores e todos os envolvidos na execução do evento".

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva