Notícias | Dia a dia
US Open é o único Slam que nunca foi cancelado
01/04/2020 às 14h20

Grand Slam norte-americano não foi cancelamento nem mesmo durante as duas Guerras Mundiais

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - A continuidade do circuito mundial do tênis segue incerta em meio à pandemia da Covid-19. Nesta quarta-feira, foram confirmados o cancelamento de Wimbledon e todos os demais torneios profissionais na grama, fazendo com que a temporada não volte antes de 13 de julho. Como Roland Garros já foi adiado para o fim de setembro, o próximo Grand Slam do calendário passa a ser o US Open, marcado para acontecer entre 31 de agosto e 13 de setembro.

Até hoje, o US Open é o único Grand Slam que nunca foi cancelado. As competições são disputadas ininterruptamente desde 1881 para os homens e a partir de 1887 para as mulheres. Como nos primeiros anos, o evento era restrito aos jogadores da casa, e chamado de U.S. National Championships, a competição pôde ser realizada até mesmo durante as duas Guerras Mundiais.

Lembrando que a própria realização do US Open em 2020 está em risco. Nova York é um dos novos epicentros da doença nos Estados Unidos. Números desta quarta-feira mostram que a cidade tem 43.119 casos e 1.096 mortes. O próprio complexo Billie Jean King em Flushing Meadows, onde o torneio é disputado, já está se transformando em um hospital temporário.

O cancelamento de Wimbledon por conta do risco de transmissão do novo coronavírus foi o primeiro desde a Segunda Guerra. Mais tradicional torneio de tênis do mundo, o Grand Slam londrino é realizado desde 1877, mas não teve edições entre 1915 e 1918, e também entre 1940 e 1945. A Quadra Central também chegou a ser bombardeada em 1940.

Na França, Roland Garros é realizado desde 1891, mas não teve disputas durante a Primeira Guerra Mundial, entre 1915 e 1919. Já no período da Segunda Guerra, a solução encontrada pelos organizadores foi realizar o Torneio da França, com foco apenas nacional e sem o peso de um título de Grand Slam.

O Australian Open foi o único Grand Slam que começou a ser disputado já a partir do século XX, uma vez que sua primeira edição aconteceu em 1905. O torneio foi interrompido entre 1916 e 1918, durante a Primeira Guerra, e também não realizou as edições entre 1941 e 1945. Como o Slam australiano passou por mudanças de data no calendário do circuito, entre janeiro e dezembro, o ano de 1977 teve duas edições e a temporada de 1986 não teve torneio.

US Open segue na data prevista

A Associação de Tênis dos Estados Unidos (USTA) se manifestou por meio de nota nesta quarta-feira e afirmou que o Grand Slam nova-iorquino segue na data prevista. "Entendemos as circunstâncias únicas enfrentadas pelo All England Lawn and Tennis Club e o raciocínio por trás da decisão de cancelar o torneio de Wimbledon de 2020. No momento, a USTA ainda planeja sediar o US Open conforme programado, e continuamos a aprimorar os planos de organizar o torneio".

"A USTA está monitorando cuidadosamente o ambiente de rápidas mudanças em torno da pandemia da Covid-19 e está se preparando para todas as contingências. Também contamos com o Grupo Médico da USTA, bem como com autoridades governamentais e de segurança, para garantir que tenhamos o entendimento mais amplo dessa situação. Em todos os casos, todas as decisões tomadas pela USTA em relação ao US Open serão tomadas priorizando a saúde e o bem-estar de nossos jogadores, fãs e todos os outros envolvidos no torneio".

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva