Notícias | Dia a dia
Manolo Santana e Fred Stolle são premiados pela ITF
31/03/2020 às 14h08

O espanhol Manolo Santana e o australiano Fred Stolle receberam a maior honraria da ITF

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - A Federação Internacional de Tênis (ITF) anunciou que o espanhol Manolo Santana e o australiano Fred Stolle receberam a maior honraria da entidade, o ITF Philippe Chatrier Award. O prêmio foi introduzido em 1996 e é concedido a indivíduos ou organizações que fizeram contribuições significativas ao esporte do tênis dentro e fora da quadra.

Stolle tem dois títulos de Grand Slam em simples: Roland Garros em 1965 e nos Estados Unidos em 1966, além de mais dez conquistas em duplas e sete nas duplas mistas, totalizando 19 no total. Ele também ajudou a Austrália a vencer três títulos consecutivos da Copa Davis entre 1964 e 1966.

Desde a aposentadoria do circuito, Stolle teve uma carreira de sucesso como treinador e comentarista de TV. Ele entrou para o Hall da Fama do Tênis Internacional em 1985 e também faz parte do Hall da Fama do Esporte Australiano desde 1988.

Já Manolo Santana tem quatro títulos de Grand Slam em simples e é considerado um pioneiro do tênis espanhol, por ser o primeiro atleta de seu país a vencer um torneio deste porte no saibro de Roland Garros em 1961. Ele voltaria a triunfar em Paris no ano de 1964, além de vencer nos Estados Unidos em 1965 e em Wimbledon no ano seguinte. Ele também defendeu seu país na Davis entre 1958 e 1973.

A carreira profissional de Santana terminou em 1980. Quatro anos depois, ele foi introduzido no Hall da Fama do Tênis Internacional. Ele continuou a contribuir significativamente com o esporte ao longo de sua vida, como capitão da equipe espanhola da Copa Davis, além de fundar o Manolo Santana Racquet Club em Marbella e o Sport Center Manolo Santana, em Madri. Hoje, ele dá nome ao principal estádio de tênis da capital espanhola.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva