Notícias | Outros
Os 10 filmes imperdíveis que falam sobre tênis
27/03/2020 às 11h12

Cena do filme que retrata a histórica final de Wimbledon de 1980 entre Borg e McEnroe

Foto: Divulgação
José Nilton Dalcim

Em época de falta de torneios e muitas horas dentro de casa, TenisBrasil indica 10 dos melhores filmes já feitos sobre o tênis ou que tenha o esporte como objeto importante da trama. Melhor ainda, dessa seleção nada menos que seis podem ser vistos na íntegra.

Veja a lista e volte aqui para comentar seus preferidos:

BORG VS. MCENROE
O foco desta grande produção, lançada em 2017, é a histórica final de Wimbledon de 1980 entre Bjorn Borg e John McEnroe, até hoje considerado um dos maiores jogos de todos os tempos. O drama, no entanto, coloca foco muito maior no tenista sueco, que à época era o número 1 do mundo e tentava um incrível quinto troféu consecutivo e, assim, vivia sob grande pressão diante do jovem ascendente e mal comportado adversário. Atenção à excelente reprodução de lances inesquecíveis da partida com grande fidelidade. O filho mais novo de Borg atua e faz o jovem Bjorn.
Atores: Sverrir Gudnason, Shia LaBeouf, Stellan Skarsgard
Direção: Janus Metz Pedersen
Veja o trailler:

-


BATALHA DOS SEXOS (Battle of Sexes)

Lançada quase ao mesmo tempo que Borg vs. McEnroe, retrata o famoso jogo de 1973, que por quatro décadas foi o recordista de público do tênis, entre a campeoníssima Billie Jean King e o veterano Bobby Riggs. Em tom de drama e comédia, o filme também documenta o momento como um marco do movimento feminista no esporte pelo mundo. O roteiro aborda a sexualidade de Billie Jean, então casada com o advogado Larry King, embora esse assunto só tenha realmente se tornado público vários anos depois.
Atores: Emma Stone, Steve Carell e Andrea Riseborough
Direção: Jonathan Dayton e Valerie Faris
Veja o trailler:


JOGO PERIGOSO (Second Serve)

História real da transexual Renee Richards, um renomado oftalmologista então chamado Richard Radley, casado e com filhos. Atormentado por sua condição, ele coloca fim a uma vida dupla e decide fazer operação para troca de sexo no começo da década de 1970. Entra então no circuito profissional feminino e causa grande polêmica ao ter sua condição descoberta. Notável atuação de Vanessa Redgrave. Lançado em 1986 para a televisão e baseado na autobiografia de Richard.
Atores: Vanessa Redgrave, Louise Fletcher e Martin Balsam
Direção: Anthony Page
Veja na íntegra:


WIMBLEDON, o Jogo do Amor (Wimbledon)

Comédia romântica lançada em 2004, traz a história de Peter Colt, um herói do tênis britânico em final de carreira e um tanto desacreditado, que tenta um último grande lance em Wimbledon, momento inspirado na façanha do croata Goran Ivanisevic em 2001. Ao conhecer a ascendente estrela Lizzie Bradbury, nasce um romance e um problema. Fatos curiosos: os atores não sabiam jogar tênis e as imagens de lances foram todas feitas em computação gráfica. Partida final foi filmada em Wimbledon, com bonecos como público.
Atores: Kirsten Dunst, James McAvoy e Paul Bettany
Direção: Richard Loncraine
Veja na íntegra:


MATCH POINT

Embora o tênis não seja o tema central do drama escrito e dirigido por Woody Allen, ele emprestou o nome e a situação que provoca o título do filme. Um ex-profissional de tênis e agora professor de clube conhece uma garota da alta sociedade e se casa, mas começa a ter um caso e sua vida tranquila vira uma grande confusão. Lançado em 2005, recebeu grandes elogios nos EUA.
Atores: Scarlett Johansson, Jonathan Rhys Meyers e Emily Mortimer
Direção: Woody Allen
Veja o trailler:


THE BREAK

Drama lançado em 1995, com 104 minutos e pouca repercussão, mesmo dirigido por Lee H. Katzin, um dos mais requisitados diretores de seriados nos anos 70. Um depressivo Nick Irons, banido do circuito por agredir um adversário, é contratado por um apostador para treinar o filho, mas com o objetivo de desencorajar o garoto. Nick no entanto se empolga com a determinação do pupilo e acaba trabalhando duro para torná-lo um grande tenista, apesar de encarar contusões e árbitros desonestos. Nick é interpretado por Vincent van Patten, que também produziu e fez o roteiro. Ele foi top 30 de simples e duplas e seguiu depois boa carreira de ator.
Atores: Vincent van Patten, Rae Dawn Chong e Martin Sheen
Direção: Lee H. Katzin
Veja na íntegra:


BALLS OUT

Comédia lançada em 2009 com produção caseira, conta a história de Gary, um tenista que não conseguiu grande carreira profissional e decide ir treinar um time escolar. Mas o grupo é muito desastrado e com pouco talento e Gary tem pouco tempo para torná-lo competitivo para o campeonato estadual.
Atores: Randy Quaid, Leonor Varela e Seann William Scott
Direção: Danny Leiner
Veja na íntegra:


LAÇOS DE SANGUE (Hard, Fast and Beautiful)

Drama de 78 minutos lançado em 1951, conta a história de Gordon e Florence, que têm em comum o interesse pelo tênis. A influente mãe da garota consegue uma série de manipulações para fazer sua carreira decolar, mas não impede o conflito entre seus interesses e os sonhos da filha.
Atores: Claire Trevor, Sally Forrest, Carleton G. Young e Robert Clarke
Direção: Ida Lupino
Veja na íntegra:


NINGUÉM É PERFEITO (Nobody's Perfect)

Steve é um calouro da faculdade que joga tênis na escola. Ele se apaixona desesperadamente por Shelly, também uma jogadora de tênis, e isso é sua ruína. Fica sem rumo e acaba expulso do time. Desesperado, segue conselho do amigo Steve, que o disfarça como mulher para se reaproximar de Shelly. Confusão à vista nesta comédia.
Atores: Chad Lowe, Gail O'Grady, Patrick Breen e Kim Flowers
Direção: Robert Kaylor
Veja o trailler:


7 DIAS NO INFERNO (7 Days in Hell)

Feito para a TV pela HBO em 2015, é uma comédia em forma de documentário de 42 minutos dirigida por Jake Szymanski. Traz a história dos campeões Aaron Williams e Charles Poole, que disputam a primeira rodada de Wimbledon de 2001 por sete dias seguidos, provavelmente inspirado no duelo de 11h05 entre John Isner e Nicolas Mahut de 2011.
Elenco: Kit Harington, Andy Samberg e Michael Sheen
Direção: Jake Szymanski
Veja na íntegra:

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva