Notícias | Dia a dia
Francês considera temporada acabar em dezembro
26/03/2020 às 09h14

Paris (França) - A atual situação do circuito, suspenso até o começo de junho, em meio à pandemia do coronavírus, traz muitas dúvidas sobre o seu retorno. Há casos como o do espanhol Emilio Sánchez Vicario que acredita que não teremos mais tênis em 2020. Já para o francês Sebastien Grosjean, ex-top 5, os torneios voltarão ainda neste ano, mas talvez não na data atualmente planejada.

“Nós não sabemos quando é que a temporada vai acabar. Neste momento, precisamos ficar em casa e permanecer saudáveis. Temos que tentar ficar em forma, fazer um pequeno programa psicológico se tiverem tempo e temos que nos manter em forma. Eu duvido que o tênis volte em junho”, afirmou Grosjean em entrevista à BeIN Sports.

Contemporâneo do catarinense Gustavo Kuerten, contra quem jogou seis vezes e levou a melhor no retrospecto, com quatro vitórias e duas derrotas, o francês aposta no retorno do circuito ainda neste ano e sugere que a temporada seja esticada para comportar o máximo possível de torneios. “A prioridade deve ser dada aos Grand Slam e aos Masters 1000. Por isso, poderemos considerar uma temporada mais longa com um final em dezembro”, pontuou.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva