Notícias | Dia a dia
Diretor do AO prevê reformulação do calendário
24/03/2020 às 15h01

Tiley também foi pego de surpresa com o adiamento do Grand Slam francês

Foto: Arquivo

Melbourne (Austrália) - Diretor de torneio do Australian Open, Craig Tiley comentou sobre a decisão de Roland Garros adiar a competição para o fim de setembro por conta do risco de transmissão do novo coronavírus. Tiley, que também é o CEO da Tennis Australia, a federação de tênis do país acredita que o calendário do circuito mundial irá passar por ainda mais mudanças nas próximas semanas.

"Acho que o calendário sofrerá alterações novamente por causa da decisão de Roland Garros", disse Tiley ao podcast The First Serve. "Estamos vivendo um verdadeiro pesadelo. Nesses momentos difíceis, devido à pandemia de coronavírus, acho que todos devemos ajudar e apoiar um ao outro. Estamos convencidos de que esses conflitos serão resolvidos no futuro quando tudo voltar ao normal".

"Os torneios do Grand Slams estão entre os eventos esportivos mais assistidos do mundo e um acordo para as datas será alcançado por todos. O principal no momento é superar essa pandemia que está afetando tanto o mundo", acrescentou o executivo que se mostra preocupado com as condições financeiras de vários profissionais que trabalham com tênis no país.

"Pelo bem desse esporte, devemos nos reunir e tomar algumas decisões. Todos devem abrir mão de algo. Atualmente, ainda não nos concentramos no calendário, pensamos apenas nos nossos 4 mil treinadores e em todos os funcionários que vivem desse esporte e que atualmente não têm renda, já que as atividades estão paradas", complementou o dirigente.

Assim como outros dirigentes de diferentes entidades ligadas ao tênis, Tiley também foi pego de surpresa pela decisão adotada pelo Grand Slam francês. "O que aconteceu foi muito surpreendente porque isso nunca aconteceu antes. Eu não pertenço à Federação Francesa de Tênis, então não posso comentar sobre as decisões que eles tomam pelo bem-estar do torneio. Apesar de não concordar, acho que todos chegaremos a um acordo e tudo ficará bem".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis