Notícias | Dia a dia
WTA garante que só voltará quando for seguro
23/03/2020 às 12h22

Miami (EUA) - Em meio a uma epidemia de coronavírus que assola o mundo inteiro e que paralisou totalmente várias atividades, entre elas o circuito de tênis, a WTA se pronunciou nesta segunda-feira através de comunicado do presidente de entidade Steve Simon, no qual ele garante que as competições só voltarão a acontecer quando especialistas e autoridades disserem que for seguro.

“Com atletas vindos de mais de 80 países e regiões e uma temporada competitiva em seis continentes, o compromisso da WTA de ajudar a acabar com essa crise global é a maior prioridade. Não há nada mais importante do que o bem-estar de todos na nossa família WTA, que inclui fãs leais como você”, declarou o presidente da entidade que comanda o circuito feminino.

Por enquanto as competições estão suspensas até o dia 7 de junho, voltando a partir da temporada da grama. Só que como ainda não se sabe o que acontecerá até o dia em que está previsto retomar o circuito, segue a possibilidade de novos adiamentos.

“Qualquer evento de tênis exige um verdadeiro esforço da comunidade, envolvendo patrocinadores e fornecedores locais, funcionários e voluntários, além de inúmeras horas de planejamento e trabalho árduo. Continuamos a trabalhar em estreita colaboração com nossos diretores de torneio e suas equipes para desenvolver soluções de curto prazo e estratégias de longo prazo para se recuperar melhor do que nunca”, disse Simon.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis