Notícias | Dia a dia
Djoko não somará semanas como nº 1 durante pausa
23/03/2020 às 08h48

Miami (EUA) - A grande dúvida sobre como ficaria a contagem de semanas do sérvio Novak Djokovic como número 1 do mundo durante a paralização dos torneios foi revelada nesta segunda-feira ainda que indiretamente pela ATP, que manteve o tenista de Belgrado com suas 282 semanas na ponta na página que lista todos os líderes do ranking na história.

Com essa definição, o sérvio não poderá se aproveitar das semanas de paralisação para descontar a diferença para as 310 semanas que tem o suíço Roger Federer e tampouco irá ultrapassar o norte-americano Pete Sampras, segundo maior número 1 do mundo até então com 286 semanas no topo, apenas quatro a mais do que ‘Nole’.

Veja a lista dos número 1 na ATP

Sem torneios para serem disputados, o ranking desta segunda-feira 23 de março sequer foi publicado e a tendência é que permaneça assim até a volta do circuito. Contudo, a ATP ainda não divulgou oficialmente os parâmetros para a contagem das semanas, mas as definições tomadas em seu site indicam mesmo que Djokovic só voltará a contar suas semanas de liderança na volta.

O circuito está suspenso pelo menos até o começo da temporada de grama, marcada para ter largada a partir do dia 8 de junho com a disputa dos ATP 250 de s-Hertogenbosch e Stuttgart; na semana seguinte estão marcados os ATP 500 de Halle e do Queen’s, na outra os ATP 250 de Mallorca e Eastbourne, até enfim chegar Wimbledon.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis