Notícias | Dia a dia
Nadal enaltece esforço e cuida de juvenis estrangeiros
22/03/2020 às 11h39

Mallorca (Espanha) - Segundo país europeu mais afetado pela infecção do coronavírus - o aumento no número de mortos neste sábado foi superior a 30% -, a Espanha vive momentos críticos e o ídolo Rafael Nadal divulgou no final do dia um vídeo em suas redes sociais em que agradece o empenho dos profissionais de saúde e reforça o pedido de isolamento social da população.

"Preciso me desculpar por ter ficado fora das mídias sociais por algum tempo, mas estes são tempos difíceis para todos", afirmou o número 2 do ranking no Twitter. "Temos de ficar determinados a permanecer o máximo em casa".

Rafa agradeceu o empenho de médicos, enfermeiras, assistentes sociais, forças da polícia e da guarda nacional: "Eles estão na linha de frente, fazendo o máximo para nos sentirmos seguros. São os nossos heróis".

Depois de se solidarizar com as famílias que perderam pessoas devido ao Covid-19, Nadal afirmou que existe ao menos um lado positivo: "estamos demonstrado ser um povo unido, muitas empresas contribuindo, todos os cidadãos mostrando preocupação com a saúde e seguindo as normas de permanecer em casa. Se seguirmos isso, acabaremos com a pandemia logo".

Com mais de 25 mil casos diagnosticados e quase 1.500 mortes até o final deste sábado, a Espanha é o quarto país do mundo mais afetado pela doença, atrás somente de China, Itália e Irã.

Nadal também fechou a academia de Manacor, onde treinam e residem juvenis de 42 países, e determinou que todos se isolem no local. "Garanto que todos estão sendo bem cuidados. Sei que os pais querem logo estar com seus filhos, espero que isso aconteça logo", afirmou no site da academia deste sábado.

Comentários
Loja - camisetas
Suzana Silva