Notícias | Dia a dia
Cresce pressão dos EUA para adiamento dos Jogos
21/03/2020 às 12h59

Comitê Organzador de Tóquio mantém até aqui a disputa dos Jogos na data prevista

Foto: Arquivo

Nova York (EUA) - Previstos para dar largada no dia 24 de julho, os Jogos Olímpicos estão mantidos pelo Comitê Olímpico Internacional, mas a pressão para que haja adiamento da competição para 2021 começa a se alastrar por várias modalidades esportivas.

A natação foi o primeiro esporte norte-americano a pedir formalmente que o Comitê de seu país peça a mudança de data das Olimpíadas. A federação de atletismo fez o mesmo neste sábado e assim fica a ameaça de que esses dois esportes tão fortes para os EUA deixam de competir em Tóquio caso seja mantida a realização em 2020.

A natação norte-americana ganhou 33 medalhas nos Jogos do Rio, enquanto o atletismo levou 32. Juntas, as duas modalidades só perderiam para os próprios EUA, Grã-Bretanha e China no quadro geral de 2016. Aliás, a natação sozinha seria a oitava colocada geral.

Além dos EUA, a Noruega e a Espanha já pediram o adiamento e o Brasil se juntou a eles neste sábado. A federação de atletismo britânica, presidida por Sebastian Coe, foi a primeira de seu país a se manifestar a favor da alteração.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva