Notícias | Dia a dia
Rogerinho: 'Ascensão de Wild é boa para o Brasil'
20/03/2020 às 15h45
Felipe Priante

Bem quando estava perto de voltar ao circuito, o paulista Rogério Silva viu o surto de coronavírus adiar ainda mais seu retorno. Depois de passar boa parte de 2019 afastado por questões familiares, ele teve uma lesão nas costas que o impediu de começar 2020 em quadra e agora segue o cotidiano dos demais tenistas, tentando manter o físico da melhor maneira possível durante o confinamento.

"A paralisação do circuito não é boa, mas é um momento importante para todo mundo ficar em casa, se cuidar e esperar passar isso aí", contou o paulista de 36 anos em entrevista exclusiva para TenisBrasil. Além de falar sobre as dificuldades do momento, ele também destacou a arrancada do paranaense Thiago Wild.

Ex-número 63 do mundo e atual 424, Rogerinho vê com ótimos olhos a ascensão do jovem paranaense no ranking e acredita que ela seja positiva não apenas para Wild, que no começo do mês conquistou seu primeiro título de ATP em Santiago, mas para o tênis brasileiro como um todo.

Veja o que falou Rogerinho.

Você ainda não jogou nessa temporada. O que aconteceu e como está o planejamento para voltar às quadras?

Tive uma lesão nas costas e estava bem próximo de voltar a jogar, mas infelizmente aconteceu tudo isso (surto de coronavírus). Então eu, como muita gente também, tive que mudar o meu calendário.

Essa paralisação no circuito por causa do coronavírus ajuda ou atrapalha seus planos?

A paralisação do circuito não é boa, mas é um momento importante para todo mundo ficar em casa, se cuidar e esperar passar isso aí. Não está sendo uma coisa fácil para ninguém.

Qual o tamanho do prejuízo de um tenista fora do top 100 nesse momento?

Para quem está fora do top 100 a premiação já é totalmente diferente e os jogadores não têm um salário fixo nem nada, por isso fica bem complicado.

O que você tem feito sem poder sair de casa?

Tento manter minha forma em casa mesmo, fazendo o que dá para fazer aqui dentro.

Você acompanhou alguma coisa dessa arrancada do Wild no circuito? O que achou?

Acompanhei a arrancada do Wild, foi muito bacana. Ela é muito boa para o tênis brasileiro, para a molecada que está no circuito e para todo mundo. Espero que quando o circuito volte ele continue embalado. Isso puxa todo mundo para cima, fico feliz por ele e toda sua equipe.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis