Notícias | Dia a dia
Nadal é disparado o mais afetado com Slam seguidos
19/03/2020 às 15h10

Caso o calendário do tênis se concretize com Roland Garros acontecendo logo após o US Open, tendo apenas uma semana de intervalo entre as duas competições, o espanhol Rafael Nadal será disparado o jogador mais prejudicado pela disputa em sequência. Atual campeão dos dois Grand Slam, ele teria que defender 4.000 pontos em cinco semanas, mas do que três vezes em relação ao segundo colocado.

Depois do canhoto de Mallorca, os dois que mais somaram pontos nos Slam francês e norte-americano foram Dominic Thiem e Daniil Medvedev, cada um deles conquistando 1.210 pontos. O austríaco ficou com o vice em Paris e não passou da estreia em Nova York, situação oposta do russo, que perdeu logo na primeira rodada no saibro e acabou com o vice-campeonato no piso duro de Flushing Meadows.

Atual número 1 do mundo, o sérvio Novak Djokovic é apenas o quarto nessa lista com seus 900 pontos, já que fez semi em Roland Garros, mas no US Open sequer passou das oitavas. Ele fica atrás também do suíço Roger Federer, que somou 1.080 pontos nos dois torneios, indo também à semifinais no saibro francês e avançando uma rodada a mais no evento nova-iorquino.

Veja a lista com os 10 jogadores que mais defendem pontos na soma de Roland Garros com o US Open:

1- Rafael Nadal 4000 (2000 + 2000)
2- Dominic Thiem 1210 (1200 + 10) / Daniil Medvedev 1210 (10 + 1200)
3- Roger Federer 1080 (720 + 360)
4- Novak Djokovic 900 (720 + 180)
5- Grigor Dimitrov 810 (90 + 720)
6- Matteo Berrettini 765 (45 + 720)
7- Stan Wawrinka 720 (360 + 360)
8- Gael Monfils 540 (180 + 360) / Alexander Zverev 540 (360 + 180)
9- Kei Nishikori 450 (360 + 90)
10- Diego Schwartzman 405 (45 + 360)

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva