Notícias | Dia a dia
Argentino tem suspensão por corrupção reduzida
19/03/2020 às 12h52

Londres (Inglaterra) - Suspenso por corrupção, o argentino Nicolas Kicker teve sua pena reduzida em quatro meses. Na última quarta-feira, a Unidade de Integridade no Tênis (TUI) divulgou que o tenista tem cooperado e participado de processo de educação sobre o assunto e por isso terá um gancho menor.

Uma auditoria independente anticorrupção reduziu a suspensão imposta a Kicker de três anos para dois anos e oito meses, mediante recurso. Foi reconhecido o apoio dado pelo jogador ao programa de educação da unidade de integridade do tênis.

"Ele colaborou com a produção de um vídeo educativo que mostrava seu envolvimento na corrupção, alertando os outros sobre as consequências. A redução da suspensão significa que Kicker poderá voltar a jogar tênis profissional a partir de 23 de janeiro de 2021", disse o comunicado.

Em junho de 2018, o argentino foi condenado a três anos de suspensão considerado culpado de cometer crimes de manipulação de resultados. Ele vem cumprindo sua punição desde o dia 24 de maio de 2018, quando foi suspenso preventivamente.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva