Notícias | Dia a dia
ATP e WTA cancelam saibro e congelam os rankings
18/03/2020 às 14h59

Londres (Inglaterra) - Acabou a dúvida sobre a realização da temporada europeia de saibro, que já havia perdido boa parte dos torneios na primeira leva de cancelamentos. Nesta quarta-feira, a ATP e a WTA soltaram um comunicado ampliando a paralisação dos respectivos torneios até o dia 7 de junho, justamente o último dia de Roland Garros, que se havia se antecipado e mudara a data do torneio para o fim de setembro.

Além de definir a situação sobre os próximos torneios, as duas entidades que regulam o circuito também anunciaram o congelamento dos pontos do ranking durante o período da pausa, que vem desde Indian Wells, primeiro torneio a ser cancelado por causa do surto de coronavírus. Com essa decisão, os tenistas mantêm suas pontuações e colocações até que os torneios enfim voltem a serem disputados.

Leia o comunicado divulgado em conjunto pela ATP e pela WTA:

Após uma análise cuidadosa e devido ao surto do COVID-19, todos os torneios ATP e WTA na temporada de saibro durante a primavera não serão realizados conforme o programado. Isso inclui os torneios combinados em Madri e Roma, além dos eventos WTA em Estrasburgo e Rabat e ATP em Munique, Estoril, Genebra e Lyon.

A temporada de tênis profissional está suspensa até 7 de junho de 2020, incluindo o ATP circuito challenger e ITF. No momento, os torneios que marcados para a partir de 8 de junho de 2020 ainda seguem no calendário conforme o cronograma original.

Paralelamente, os rankings de ATP e WTA serão congelados durante esse período e até novo aviso.

Os desafios apresentados pela pandemia do COVID-19 ao tênis profissional exigem maior colaboração do que nunca de todos na comunidade do tênis para que o esporte avance coletivamente no melhor interesse dos jogadores, torneios e fãs.

Estamos avaliando todas as opções relacionadas à preservação e maximização do calendário de tênis com base em várias datas de retorno do circuito, que ainda são desconhecidas no momento. Estamos comprometidos em resolver essas questões com nossos jogadores, membros do torneio e outros órgãos de governança nas próximas semanas e meses.

Agora não é hora de agir unilateralmente, mas em tom uníssono. Todas as decisões relacionadas ao impacto do coronavírus requerem consulta e revisão apropriadas com as partes interessadas no jogo, uma visão compartilhada pelo ATP, WTA, ITF, AELTC, Tennis Australia e USTA.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva