Notícias | Dia a dia
Stuttgart: Autoridades pedem cancelamento do WTA
14/03/2020 às 09h00

Evento é um dos mais fortes do circuito feminino e costuma atrair muitas top 10

Foto: Arquivo

Stuttgart (Alemanha) - Uma importante etapa do circuito feminino deverá sair do calendário por conta do risco de transmissão do novo coronavírus. Autoridades de saúde de Stuttgart pedem o cancelamento do torneio WTA Premier local, marcado para começar em 20 de abril. O torneio costuma ter chaves muito fortes, sempre com presença de várias top 10, e está sempre entre os favoritos do ano pelas jogadoras.

O prefeito de Stuttgart, Martin Schairer disse ao jornal alemão Bild que "o assunto está fora de questão". Eventos esportivos e aglomerações com mais de 250 pessoas estão vetadas na cidade por tempo indeterminado. A WTA e a Porsche, patrocinadora do torneio, ainda não confirmaram o cancelamento.

Ainda de acordo com o Bild, a patrocinadora do evento considerou a hipótese de realizar a competição com portões fechados. Um porta-voz da montadora falou ao jornal alemão. "A cidade de Stuttgart não especificou um período específico para as medidas de segurança. Portanto, não podemos dizer neste momento se e de que forma o torneio pode acontecer. A saúde de todos os envolvidos é uma prioridade para nós, e estamos em constante comunicação com as autoridades responsáveis ​​e com a WTA".

Diferente da postura adotada pela ATP e pela ITF, que suspenderam seus circuitos por até seis semanas, a WTA tem tratado cada torneio individualmente. Se confirmada a não realização do torneio de Stuttgart, o evento alemão irá se juntar a Indian Wells, Miami, Charleston, Bogotá e de um torneio da série 125k em Guadalajara entre os eventos cancelados.

A semana do dia 20 de abril ainda tem marcado um torneio em Istambul. Já a partir do dia 27 começa um WTA em Praga. Dirigentes da entidade máxima do tênis feminino irão se reunir na próxima semana para avaliar as medidas a serem adotadas na temporada de saibro na Europa.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis