Notícias | Dia a dia
Jogos Olímpicos seguirão recomendações da OMS
13/03/2020 às 09h20

Tóquio (Japão) - Com o circuito da ATP paralisado pelas próximas seis semanas e uma série de competições esportivas também interrompidas por causa do coronavírus, a bola da vez agora são os Jogos Olímpicos de Tóquio, marcados para começar daqui quatro meses. O Comitê Olímpico Internacional (COI) falou que se apoiará nas recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) para decidir sobre um possível adiamento.

“Seguiremos as recomendações da Organização Mundial de Saúde. Temos que reagir de uma forma muito flexível”, disse Thomas Bach, presidente do COI, em entrevista à emissora alemã ARD. Ele reconhece que a pandemia do novo vírus já causou sérios problemas nos torneios de classificação para os Jogos e que a competição está sim correndo risco, podendo até sofrer adiamento.

Em contrapartida, a governadora de Tóquio, Yuriko Koike, garantiu nesta quinta-feira que o cancelamento do evento era "impensável". Já o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sugeriu nesta quinta adiar os Jogos para o ano que vem, mas ele parece ter mudado de ideia após uma ligação telefônica com o líder japonês Shinzo Abe.

"Acabei de ter uma ótima conversa com o primeiro-ministro Abe, do Japão", tuitou Trump. “Eu disse a ele que o local olímpico recém-concluído é magnífico. Ele fez um trabalho incrível, que o deixará muito orgulhoso. Boas coisas acontecerão para o Japão e seu grande primeiro-ministro. Muitas opções!”

O Japão insistiu repetidamente que o adiamento ou cancelamento dos Jogos é impensável e que seus preparativos continuam normais, uma postura ecoada pelos órgãos finais e o Comitê Olímpico Internacional.

"O primeiro-ministro Abe afirmou que o Japão está se esforçando para sediar os Jogos Olímpicos", disse um alto funcionário do governo que não estava autorizado a ser nomeado para o jornal Washington Post. "Em resposta, o presidente Trump expressou seu agradecimento pelos esforços transparentes a esse respeito."

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva