Notícias | Dia a dia
Miami descarta realizar o torneio em outra data
12/03/2020 às 15h31

Miami (EUA) - Após a confirmação do cancelamento do Miami Open, torneio que reúne um Masters 1000 da ATP e um Premier Mandatory da WTA, a organização do evento descartou a possibilidade de transferir a competição para outra data. Dessa forma, a próxima edição do evento será apenas entre os dias 22 de março e 4 de abril de 2021.

"Estávamos ansiosos para receber um evento de primeira linha, mas a nossa prioridade é a saúde e a segurança de todos os envolvidos no Miami Open, incluindo toda a comunidade do Sul da Flórida", disse James Blake, diretor do torneio.

"Como ex-jogador e agora na posição de diretor do torneio, eu entendo o desapontamento dos jogadores, fãs, parceiros comerciais e staff do torneio que trabalharam duro para deixar o local pronto. Nós agradecemos pelo apoio e compreensão de todos e esperamos retornar ao Hard Rock Stadium entre 22 de março e 4 de abril de 2021", acrescentou o ex-top 10.

Desde o cancelamento de Indian Wells no último domingo e da iminente suspensão das competições do circuito profissional, que foi confirmada pela ATP nesta quinta-feira, havia a possibilidade de alguns torneios mudarem de data. O jornal francês L'Equipe divulgou na última quarta sobre a possibilidade de transferir os torneios de Indian Wells e Miami para o mês de setembro, mas com menor número de datas e jogadores na chave.

Lembrando que desde o ano passado o torneio acontece em um complexo instalado no Hard Rock Stadium, casa do Miami Dolphins na liga profissional de futebol americano (NFL). A temporada do esporte da bola oval costuma acontecer entre setembro e fevereiro, possibilitando que o torneio de tênis ocorra em março. Mas um eventual adiamento para o segundo semestre poderia acarretar um conflito de datas.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva