Notícias | Dia a dia
Entidades estudam parar circuito por 6 semanas
11/03/2020 às 21h38

ATP de Barcelona seria um dos eventos prejudicados caso a proposta avance

Foto: Divulgação

Paris (França) - A temporada do tênis pode ter uma interrupção brusca nas próximas semanas por conta do risco de transmissão do novo coronavírus. O jornal francês L'Equipe divulgou nesta sexta-feira que entidades como a ATP e a WTA estudam suspender as competições por seis semanas e a decisão seria acompanhada pelos torneios menores da ITF.

No cenário proposto, a temporada do tênis seria reiniciada apenas no dia 27 de abril. Após o cancelamento de Indian Wells, que engloba um Masters 1000 da ATP e um Premier Mandatory da WTA, Miami seguiria pelo mesmo caminho. Outros eventos masculinos em risco seriam Houston, Marrakech, Monte Carlo, Budapeste e Barcelona. No feminino, os cancelamentos atingiriam eventos tradicionais como Charleston e Stuttgart, além do WTA de Bogotá, único evento do ano na América do Sul.

Nas últimas semanas, o calendário do tênis tem sido bastante afetado por conta das medidas de segurança adotada por autoridades de saúde de todo o mundo. Alguns confrontos da Copa Davis foram disputados sem a presença de público no estádio, algo que pode ser aplicado também na temporada de saibro na Europa. Challengers e torneios da série 125k da WTA foram cancelados. Já a Federação Internacional de Tênis anunciou que irá adiar a fase final e os playoffs da Fed Cup.

Nova data para Indian Wells e Miami
Ainda segundo o L'Equipe, existe a possibilidade de as competições de Indian Wells e Miami serem adiadas para o mês de setembro. Os eventos aconteceriam logo depois do US Open, marcado para ocorrer entre 31 de agosto e 13 de setembro.

Estuda-se uma mudança de formato nesses dois torneios norte-americanos, reduzindo o número de datas de 12 para 7 dias e também o número de jogadores da chave. O maior entrave seria com os demais eventos marcados para essa época do ano, incluindo a Laver Cup, que acontecerá em Boston entre os dias 25 e 27 de setembro.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis