Notícias | Dia a dia
Melo: 'Não sabemos como vai funcionar o ranking'
09/03/2020 às 16h39

Indian Wells (EUA) - O cancelamento do torneio de Indian Wells na noite de domingo causou surpresa nos jogadores, que agora já pensam nas alternativas e no futuro do circuito, uma vez que não se sabe como irão proceder com relação aos próximos eventos. Apesar disso, o mineiro Marcelo Melo garante que não há histeria entre os tenistas e nem preocupação exagerada sobre o coronavírus.

“Ontem todos nós fomos pegos aqui de surpresa, estávamos no clube e tínhamos acabado de treinar normalmente quando veio essa notícia que o torneio seria cancelado. Antes não havia nenhum tipo de aviso ou algo do gênero. Confirmaram um caso de coronavírus aqui perto e tomaram essa decisão como precaução”, contou o mineiro

“Nós jogadores estamos esperando como vai ser a decisão de Miami, parece que ainda estão conversando sobre isso. Eu vou ficar aqui até ter essa confirmação se vai ou não ter Miami. De qualquer forma, não tem nenhum tipo de pânico entre os jogadores”, acrescentou Melo, que já estava em Indian Wells treinando.

"As quadras do torneio vão continuar abertas para seguirmos treinando, mas não sabemos como vai funcionar em relação a ranking se houver cancelamentos futuros”, complementou o mineiro, que pode ser um dos mais prejudicados. Ele já vai perder 600 pontos do vice-campeonato em Indian Wells e ainda defende mais 360 da semi em Miami, outro torneio que corre risco de não acontecer.

Por enquanto a direção da ATP não se pronunciou sobre o assunto e imagina-se que os pontos serão descontados normalmente, mas sem a possibilidade de somá-los novamente nos torneios. Sem os pontos de Indian Wells, o mineiro vai perdendo quatro colocações no ranking e indo para o nono lugar, mesma situação do parceiro polonês Lukasz Kubot.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva