Notícias | Dia a dia
Svitolina encerra jejum de 16 meses em Monterrey
08/03/2020 às 23h30

A ucraniana Elina Svitolina chegou ao 14º troféu da carreira em 17 finais disputadas

Foto: WTA

Monterrey (México) - Não foi fácil, mas enfim a ucraniana Elina Svitolina conseguiu encerrar o jejum de 16 meses sem títulos no circuito da WTA. Principal favorita em Monterrey, ela precisou de três duros sets para superar a tcheca Marie Bouzkova, cabeça 9, por 7/5, 4/6 e 6/4.

Esta foi a primeira final que Svitolina atingiu desde o vice-campeonato no WTA Finals do ano passado. E o longo período sem conquistas vinha justamente desde o Finals de 2018, quando derrotou a norte-americana Sloane Stephens na decisão.

Aos 25 anos, a namorada de Gael Monfils chegou ao 14º troféu de sua carreira em 17 finais disputadas. Com os pontos somados, Svitolina também subiu duas posições no ranking e irá aparecer nesta segunda-feira no quinto lugar, deixando Bianca Andreescu e Kiki Bertens para trás.

A partida deste domingo foi marcada por um número incrível de break-points: Svitolina salvou 14 dos 18 que permitiu, enquanto Bouzkova evitou 9 dos 14. O terceiro set espelhou bem a gangorra. A tcheca quebrou no game de abertura, mas cedeu o empate em seguida e viu Svitolina ganhar quatro games seguidos e chegar a 4/1 e 5/2. Aí ensaiou reação, encostou no placar e abriu 0-15 para empatar tudo. Só então Svitolina sacou com mais confiança e fechou.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis