Notícias | Dia a dia
Kenin vence jogo duro e faz 1ª final desde Melbourne
07/03/2020 às 18h08

Lyon (França) - A norte-americana Sofia Kenin parece ter reencontrado de vez o caminho das vitórias no WTA de Lyon. Depois da conquista do Australian Open, ela só havia vencido um dos três jogos que fez até iniciar sua campanha no torneio francês, onde disputará a final no próximo domingo com a alemã Anna-Lena Friedsam.

Só que para alcançar a decisão, a cabeça de chave 1 do torneio não teve moleza na semifinal deste sábado e precisou de 2h27 para derrubar a belga Alison van Uytvanck, numa partida equilibradíssima e definida em três tiebreaks, com placar final de 7/6 (7-5), 6/7 (2-7) e 7/6 (7-2). Na outra semi, Friedsam bateu a russa Daria Kasatkina com 6/3, 3/6 e 6/2.

Kenin disparou 29 bolas vencedoras em todos os três sets, compensadas por seus 40 erros não forçados, enquanto Van Uytvanck marcou 38 winners e cometeu 28 erros não forçados. Esta será a sexta final da carreira da norte-americana e a primeira desde sua primeira vitória em Grand Slam, conquistando o título em Melbourne.

No primeiro set, a atual número 5 do mundo teve quebra de vantagem em duas situações distintas, mas acabou cedendo a quebra de volta para Van Uytvanck em ambas as vezes. A definição foi então para o tiebreak, no qual Kenin saiu vencendo os três primeiros pontos e mesmo perdendo os dois seguintes, com o saque, conseguiu novo mini-break e fechou o terceiro set-point que teve.

A história se inverteu na segunda parcial, com a belga saindo na frente e cedendo o empate para vencer apenas no tiebreak. No terceiro e decisivo set, as quebras não apareceram e mais uma vez a definição aconteceu no desempate, em que Kenin foi superior e anotou 7-2 para derrubar Van Uytvanck e se classificar para a final.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis