Notícias | Dia a dia
Kenin faz semi em Lyon, Kasatkina também avança
06/03/2020 às 17h18

Vencedora de dois torneios da WTA, Kasatkina tenta alcançar a sexta final na carreira

Foto: Divulgação

Lyon (França) - Pelo segundo dia seguido, Sofia Kenin precisou de três sets para avançar no WTA de Lyon. Depois de salvar um match point contra a romena Jaqueline Cristian, a norte-americana começou bem o duelo diante da anfitriã Oceane Dodin, mas oscilou no segundo set, antes de confirmar a vitória por 6/1, 6/7 (5-7) e 6/2 para chegar à semifinal do torneio em quadras duras e cobertas.

A vitória poderia ter sido mais tranquila para Kenin, que depois de vencer o primeiro set com tranquilidade também chegou a liderar a parcial seguinte por 5/2. A campeã do Australian Open perdeu as chances que teve de definir a disputa em sets diretos, mas rapidamente retomou o controle das ações na parcial decisiva.

Kenin consegue sua terceira vitória na semana e a quarta desde a conquista de seu primeiro Grand Slam, em janeiro. A jovem jogadora de 21 anos e número 5 do mundo tem quatro títulos no circuito e tenta alcançar a sexta final da carreira.

A próxima adversária de Kenin em Lyon será a Alison Van Uytvanck, 62ª colocada, que derrotou a francesa Caroline Garcia, ex-top 5 e atual 46ª do ranking, por duplo 6/2. Dessa forma, também ficou garantido que a edição inaugural do evento não terá uma campeã da casa. Van Uytvanck lidera por 2 a 1 o histórico de confrontos contra Kenin. O reencontro ocorre por volta do meio-dia (de Brasília) deste sábado.

Kasatkina vai recuperando a confiança
Do outro lado da chave, a russa Daria Kasatkina vai recuperando a confiança. Ex-número 10 do mundo e dona de dois títulos, a jovem russa de 22 anos aparece apenas no 73º lugar do ranking. Ela venceu nesta sexta-feira a italiana Camila Giorgi por 6/2, 4/6 e 6/2. Kasatkina já disputou cinco finais no circuito.

A rival da russa na semifinal de sábado será a alemã Anna-Lena Friedsam, jogadora de 26 anos e 136ª do ranking, que venceu a búlgara Viktoria Kuzmova por 3/6, 7/6 (7-4) e 6/2. Friedsam busca sua segunda final de WTA e o primeiro título no cirucito. Ela já chegou a ser 45ª colocada no ranking, antes de sofrer com uma grave lesão no ombro que a fez passar por duas cirurgias, a última há um ano. Kasatkina e Friedsam abrem o sábado de semifinais às 10h30 (de Brasília). A russa venceu dos dois duelos anteriores. 

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis