Notícias | Dia a dia
Clezar é o único brasileiro a avançar em Monterrey
02/03/2020 às 18h27

Clezar vem de bons resultados em torneios de piso duro

Foto: Arquivo

Monterrey (México) - Em rodada com três brasileiros, apenas Guilherme Clezar superou a primeira fase do challenger de Monterrey, disputado em quadras de piso duro. Ele avançou no torneio mexicano e irá enfrentar um dos principais favoritos. Já os gaúchos Orlando Luz e Oscar Gutierrez não passaram da primeira fase.

Clezar venceu um duelo sul-americano contra o jovem colombiano de 20 anos Nicolas Mejia, 426º do ranking, com parciais de 6/1 e 6/4. O gaúcho de 27 anos e 271º do ranking vem de bons resultados nas últimas semanas, já que foi semifinalista em Morelos e chegou às oitavas em Columbus.

A vitória desta segunda-feira foi a 11ª para Clezar em torneios de nível challenger na temporada. Seu próximo adversário será o argentino Federico Coria, cabeça 5 em Monterrey e número 103 do mundo. O argentino de 27 anos venceu três dos quatro duelos anteriores. No entanto, o brasileiro levou a melhor no encontro mais recente, realizado no início deste ano em Punta del Este.

O jovem de 22 anos Orlando Luz, 298º do ranking, fez uma partida equilibrada contra o norte-americano Christopher Eubanks, gigante de 2,01m e 231º colocado. Eubanks disparou 18 aces e acabou vencendo por 7/6 (7-2), 3/6 e 7/5. Orlandinho tem três vitórias na temporada, uma no quali do ATP de Santiago, outra no challenger de Punta del Este e uma em future no Peru.

Já Oscar Gutierrez segue zerado no início do ano. O jogador de 26 anos e 374º do ranking perdeu para o norte-americano Collin Altamirano, 377º colocado, com parciais de 6/3 e 6/4 em apenas 1h09 de partida. Gutierrez atingiu o melhor ranking da carreira no fim do ano passado, quando esteve no 363º lugar, mas ainda não venceu em 2020, sendo eliminado na primeira rodada dos cinco torneios que disputou.

Comentários
Raquete novo
Suzana Silva