Notícias | Dia a dia
Melo é segundo brasileiro a atingir US$ 7 milhões
02/03/2020 às 10h19

Melo chegou ao 34º título da carreirae o 13º ao lado do polonês Kubot em Acapulco

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - O título conquistado neste sábado no ATP 500 de Acapulco rendeu a ascenção ao quinto lugar do ranking individual de duplas, mas também uma marca histórica para o mineiro Marcelo Melo. Ao dividir o prêmio de US$ 119.750 com o parceiro polonês Lukasz Kubot, ele se tornou o segundo tenista brasileiro a superar a casa dos US$ 7 milhões de faturamento oficial na carreira.

Recordista de títulos (34) e de vitórias (529) entre os duplistas brasileiros, Melo soma agora US$ 7.023.917, uma marca expressiva para quem vive basicamente do circuito de duplas desde 2008. Segundo lista oficial da ATP, ele aparece nesta segunda-feira como o 125º a reunir maior fortuna no tênis profissional.

O recordista brasileiro é obviamente Gustavo Kuerten, que atingiu o total de US$ 14,8 milhões ao longo da espetacular carreira, que incluiu três troféus de Grand Slam e cinco de nível Masters.

Veja os top 10 brasileiros em premiação na carreira:
Gustavo Kuerten - US$ 14.807.000
Marcelo Melo - US$ 7.023.917
Bruno Soares - US$ 5.913.252
Thomaz Bellucci - US$ 5.348.133
André Sá - US$ 2.655.127
Fernando Meligeni - US$ 2.555.367
Rogério Silva - US$ 1.849.259
Luiz Mattar - US$ 1.484.831
Ricardo Mello - US$ 1.484.831
Thiago Monteiro - US$ 1.390.216

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis