Notícias | Dia a dia
Thiem enfim passa Federer e tem sua melhor marca
02/03/2020 às 08h42

Miami (EUA) - A já esperada queda do suíço Roger Federer para fora do top 3 da ATP finalmente se concretizou, vindo nesta segunda-feira com a ascensão do austríaco Dominic Thiem no ranking. Como o tenista da Basileia não pode defender os 500 pontos do título em Dubai, ele acabou descendo para o quarto lugar, agora com 415 pontos de desvantagem para Thiem.

Federer deverá continuar a perder terreno no próximo mês, quando defende pontos importantes nos Masters 1000 norte-americano. No ano passado, ele foi campeão em Miami e vice em Indian Wells, somando só nesses dois eventos 1.600 pontos.

Os primeiros pontos descontados serão os 600 de Indian Wells, que por si só não são suficientes para derrubar o suíço. Contudo, ele ficará bem mais próximo do russo Daniil Medvedev, que só defende 45 pontos no torneio californiano e com uma boa campanha por lá pode também deixar Federer para trás.

A situação para Miami é semelhante, já que serão mais 1.000 pontos a menos para o suíço. Neste momento ele será fatalmente ultrapassado por Medvedev e entrará na mira do grego Stefanos Tsitsipas, que defende apenas 100 pontos nos dois torneios. Se somar mais de 385 pontos nos Masters 1000 norte-americanos, ele será mais uma deixar Federer para trás.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis