Notícias | Dia a dia
Djoko abre distância mas defende nº 1 na Califórnia
01/03/2020 às 10h21

O título em Dubai foi importante a Djokovic para resguardar distância na ponta do ranking

Foto: Arquivo
José Nilton Dalcim

Separados por milhares de quilômetros, Novak Djokovic e Rafael Nadal cumpriram seu favoritismo nos ATP 500 disputados nesta semana sobre piso sintético. E a consequência imediata disso foi um ligeiro aumento da distância que os separa na ponta do ranking internacional.

O sérvio chegou a Dubai com 325 pontos de vantagem sobre o canhoto espanhol e, mesmo os dois tendo somado o máximo possível, já que Rafa faturou Acapulco, a diferença subiu para 370 pontos.

Ainda assim haverá luta direta entre eles durante o Masters 1000 de Indian Wells, porém Djokovic está favorecido por ter feito campanha bem inferior em 2019: chegou apenas à terceira rodada, com direito a 45 pontos, enquanto Nadal abandonou a competição já nas semifinais e portanto defende 360.

A tarefa é possível, porém difícil para Nadal. Ele precisa necessariamente não apenas do título, que lhe daria o acréscimo de 640 pontos, mas também que Djokovic perca até as quartas de final.

O vice em Indian Wells não bastaria a Rafa, já que a soma seria de apenas 240 pontos e aí nem mesmo a derrota do sérvio na estreia ajudaria.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis