Notícias | Dia a dia
Ex-top 50, Johanna Larsson encerra a carreira aos 31
28/02/2020 às 14h00

Larsson ganhou dois títulos de WTA e chegou ao 45º lugar do ranking mundial

Foto: Divulgação

Estocolmo (Suécia) - A sueca de 31 anos Johanna Larsson, ex-número 45 do mundo, anunciou nesta sexta-feira o fim de sua carreira profissional. Sua última partida foi disputada no dia 8 de fevereiro, contra a polonesa Magda Linette, pelo Zonal Euro-Africano da Fed Cup, realizado em Luxemburgo.

Larsson conquistou dois títulos de WTA. O primeiro em casa, no saibro de Bastad, em 2015, enquanto o segundo foi conquistado em 2018 na cidade alemã de Nuremberg. Ela disputou cinco finais no circuito, quatro delas no saibro.

A experiente jogadora sueca também teve bons resultados nas duplas, alcançando uma semifinal de Roland Garros ao lado da belga Kirsten Flipkens no ano passado e chegando ao top 20 no ranking das especialistas na modalidade. Em 2017, Larsson também disputou a chave de duplas do WTA Finals em Cingapura ao lado da holandesa Kiki Bertens.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Thank you TENNIS for exactly everything. It has been an exciting journey from start to finish 🎾❤️ Special thank you to my family, support team and my awesome sponsors over the years. #er-hobygg #wihlborgs #headtennis_official #mizuno #sjöösandström #wesport You can read about my decision at @tennis.se

Uma publicação compartilhada por Johanna Larsson (@johannalarsson111) em

"Estou extremamente feliz e orgulhosa de tudo o que eu fiz. Foi uma ótima jornada, do início ao fim, com muitos momentos maravilhosos", disse Larsson, por meio de suas redes sociais. Não quero jogar tênis, a menos que eu esteja no nível mais alto e minha energia não está 100%. Agradeço à minha família, equipe e patrocinadores que me acompanharam por todos esses anos".

Fora das quadras, Larsson assumiu publicamente ser homossexual em 2017, já com 29 anos. Antes de encarar de frente o preconceito, ela temia perder os contratos com patrocinadores e, por isso, decidiu fazer o anúncio já na fase final de sua carreira e vinha com bons resultados no circuito.

Larsson ocupava atualmente o 236º lugar do ranking em simples e a 55ª posição nas duplas. Ela acumulou 442 vitórias em sua carreira profissional em simples e uma premiação de US$ 4,03 milhões. Seus melhores resultados em simples nos Grand Slam foram terceiras rodadas em Roland Garros (2014) e no US Open (2014 e 2016).

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva