Notícias | Dia a dia
Nadal fala em placar enganoso e prevê semi dura
28/02/2020 às 11h17

Acapulco (México) - O espanhol Rafael Nadal deixou apenas três games na partida de quartas de final contra o sul-coreano Soonwoo Kwon, mas apesar do placar elástico, ele acredita que o jogo foi bem mais duro do que aparenta. Não à toa o canhoto de Mallorca gastou 1h31 para derrubar o rival de 22 anos e atual 76 do mundo.

“Fiz um ótimo jogo, acho que o placar é enganoso, porque precisei mostrar um nível muito bom para vencer. Continuo melhorando todos os dias, minhas sensações são cada vez mais positivas e é muito importante voltar vencendo depois de algumas semanas sem competir. Consegui o necessário para chegar com boa confiança à fase decisiva do torneio, por isso espero estar preparado”, analisou.

Nadal comentou o desempenho de Kwon. “Vi coisas muito positivas em seu jogo: é rápido, antecipa bem a bola, muda de direção com facilidade e faz tudo com simplicidade. Acho que tem um bom futuro. Em menos de um ano, passou do semi desconhecido para o top 100”, declarou o atual número 2 do mundo.

“É muito interessante para o tênis que jogadores promissores de países asiáticos ganhem espaço. Nosso esporte é global e o mercado asiático é muito grande”, complementou Nadal, que nas semifinais de Acapulco terá pela frente o búlgaro Grigor Dimitrov, algoz do suíço Stan Wawrinka nas quartas.

“Grigor chega com muita confiança, está jogando muito bem e vem de uma vitória sobre um dos melhores do mundo que é Stan. Isso mostra o nível que está apresentando. Ele é um tenista muito completo, muda perfeitamente os ritmos com o revés e consegue conectar golpes de posições incríveis”, falou o espanhol, que perdeu somente um dos 13 duelos com o búlgaro.

Ainda assim, Nadal não espera encarar moleza nas semifinais. “Nós dois somos claros sobre como queremos jogar e quem for capaz de impor seu estilo acabará vencendo. Será um jogo difícil, pois corresponde às semifinais de um torneio como esse, e espero estar pronto fazer o meu melhor”, encerrou o canhoto de Mallorca.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis