Notícias | Dia a dia
Djokovic vai para a semi e garante o número 1
27/02/2020 às 14h37

Dubai (Emirados Árabes) - A pequena chance de perder a liderança do ranking nesta semana já não existe mais para o sérvio Novak Djokovic, que fez sua parte e se garantiu nas semifinais do ATP 500 de Dubai, batendo nesta quinta-feira o russo Karen Khachanov em sets diretos, com duplo 6/2 anotado em apenas 67 minutos de confronto.

Djokovic poderia ser ultrapassado no ranking pelo espanhol Rafael Nadal caso caísse nas quartas de final ou antes e o rival faturasse o título do ATP 500 de Acapulco. Com a semi assegurada, o sérvio ficará na ponta pelo menos até a disputa do Masters 1000 de Indian Wells, garantindo mais algumas semanas na briga pelo recorde do número 1.

O próximo rival de ‘Nole’ na competição será um francês, que sairá do duelo entre Gael Monfils e Richard Gasquet. Os dois compatriotas fecharão a rodada desta quinta-feira nos Emirados Árabes. Monfils tem um péssimo retrospecto contra o sérvio, com um a vitória e 16 derrotas; o  histórico de Gaquet não é muito melhor, com somente uma vitória e 14 derrotas.

Khachanov mal conseguiu incomodar o sérvio na terceira partida do dia na quadra central, vencendo menos da metade dos pontos de saque. Com isso o russo se tornou presa fácil para Djokovic, que anotou três quebras e perdeu um serviço no primeiro set, fechando sem grande dificuldade com o placar de 6/2.

Na segunda parcial, mais uma vez o russo não teve chance. Logo no quarto game Djokovic obteve mais uma quebra e ficou bem próximo da vitória. Khachanov não teve forças para ter sequer uma chance de devolver a quebra e viu o sérvio não apenas administrar a vantagem, mas também anotar mais um break para concretizar sua terceira vitória em quatro encontros entre eles.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis