Notícias | Dia a dia
Kyrgios diz que Federer é ídolo e exemplo a seguir
27/02/2020 às 11h49

Acapulco (México) - Mais uma vez o australiano Nick Kyrgios se envolveu em polêmicas durante sua passagem pelo ATP 500 de Acapulco, onde defendia o título. Depois de abandonar a partida de estreia, por causa de lesão no punho, ele ouviu vaias e tratou de rebater a torcida mexicana tanto na entrevista coletiva quanto através das redes sociais.

Contudo, o australiano foi bem menos controverso em entrevista ao Milenio, na qual exaltou a figura de Roger Federer. Ele também destacou a capacidade do Big 3, que vem dominando o circuito nos últimos anos. Para Kyrgios, além do tênis mostrado em quadra, o suíço, o espanhol Rafael Nadal e o sérvio Novak Djokovic são exemplos de atletas tanto no físico quanto no mental.

“Nadal, Djokovic e Federer são tão bons e campeões tão grandes porque têm a mesma mentalidade a cada semana, são positivos e continuam a lutar. Isto é muito difícil para mim, fico esgotado”, afirmou o australiano, que perderá pelo menos 15 lugares com a eliminação precoce no ATP mexicano.

“O meu jogo contra o Nadal no Australian Open teve quase quatro horas e eu estava cansado. Depois disso eu preciso de duas semanas de descanso e o Rafa pode continuar. Foi um grande jogo, assim como também foi o do ano passado aqui”, contou Kyrgios, lembrando de sua vitória sobre Nadal nas oitavas de Acapulco em 2019.

Por fim, ele falou sobre sua admiração pelo suíço atual 3 do mundo. “Tenho muitos ídolos no basquete, mas no tênis o Federer sempre foi o meu ídolo. Creio que é um exemplo perfeito para quem quer ser jogador. É um tenista perfeito e um grande exemplo a seguir, não se chateia muito e é boa pessoa, por isso escolho o Roger entre os três”, encerrou.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis