Notícias | Dia a dia
Djokovic acredita que soube lidar bem com o vento
26/02/2020 às 18h28

Dubai (Emirados Árabes) - Quatro vezes campeão do ATP 500 de Dubai, Novak Djokovic precisou lidar com condições de jogo bastante adversas nesta quarta-feira. Em dia de muito vento em quadra, o sérvio demorou alguns games para se adaptar, mas conseguiu uma vitória tranquila diante do alemão Philipp Kohlschreiber para chegar às quartas de final do torneio.

"Levei alguns games para me acostumar às condições de hoje. Estava ventando muito na quadra, embora talvez não parecesse assim para quem vê de fora", disse Djokovic, após a vitória por 6/3 e 6/1. "O vento estava mudando de direção o tempo todo. Não foi fácil para ganhar ritmo. Foi completamente diferente de qualquer outro dia".

Embora tenha marcado sua 12ª vitória em 14 jogos contra Kohlschreiber, Djokovic esperava por um jogo difícil, especialmente pela recente derrota sofrida para o rival em Indian Wells no ano passado. "Tive um ótimo desempenho. Gostei da maneira como joguei, e acho que usei as táticas certas", afirmou o sérvio.

"Sabendo que o Philipp me venceu há um ano em Indian Wells, eu precisava encarar esse jogo com muita seriedade, independentemente de seu ranking. Ele é um dos jogadores mais experientes do circuito e gosta de jogar nos grandes palcos", acrescentou o número 1 do mundo, que venceu os 15 jogos que disputou em 2020 e está invicto há 18 partidas.

"Acho que o meu segundo set foi muito bom. Eu me senti ótimo em meus games de serviço. Tudo estava fluindo muito bem. E nas devoluções, eu estava pressionando constantemente o saque dele", complementou Djokovic, que não enfrentou break points no segundo set e conseguiu três quebras.

Djokovic agora se prepara para enfrentar o russo Karen Khachanov, em jogo que acontece ao meio-dia (de Brasília) desta quinta-feira. Ainda que o sérvio lidere o retrospecto por 2 a 1, foi Khachanov quem venceu o duelo mais importante entre eles, na final do Masters 1000 de Paris em 2018.

"Eu tive algumas batalhas interessantes com ele", avalia o líder do ranking, que venceu um recente duelo pela Copa Davis no ano passado. "Ele é um cara legal, um ótimo jogador. Ele é um dos candidatos para estar no top 5 ou no top 10 e é muito dedicado. Por isso, espero estar tão afiado quanto estive nos últimos dois jogos".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis