Notícias | Dia a dia
Ex-técnico: 'Federer ainda pode vencer Wimbledon'
25/02/2020 às 13h10

Nova York (EUA) - Um dos ex-treinadores da longa carreira de Roger Federer, o norte-americano Paul Annacone falou um pouco sobre a situação do atual número 3 do mundo, que passou por uma artroscopia no joelho e ficará de fora do circuito até a temporada de grama. Em entrevista ao New York Times, ele disse que mesmo assim acredita nas chances do suíço em Wimbledon.

É claro que com o passar dos anos fica mais difícil recuperar rapidamente seu melhor nível, mas isso é algo que pode ser aplicado à grande maioria dos jogadores, não a lendas como Roger. Esses tipos são a exceção que confirma a regra. Ele é um dos melhores de todos os tempos e já mostrou que tem capacidade para fazer coisas inconcebíveis”, comentou Annacone.

O treinador lembrou que dez anos atrás já duvidavam da capacidade de Federer seguir conquistando grandes títulos. “Quando comecei a trabalhar com ele, em 2010, já havia muitas pessoas que falavam sobre sua aposentaria e que não acreditavam que poderia ter novos sucessos”, rememorou o norte-americano.

“Uma das grandes virtudes de Roger é sua capacidade de tomar as decisões certas. Ele aborda tudo de uma perspectiva ampla e racional. Em sua carreira, sempre soube manter-se saudável, conhece bem seu corpo e saberá quando parar”, complementou o treinador.

Annacone também destacou a capacidade do suíço, afirmando que mesmo sem estar em sua melhor forma, Federer chegou até as semifinais do Australian Open. “Ele chegou lá porque tem um gene competitivo que poucos têm. É isso que me faz pensar que não devemos descartá-lo em Wimbledon 2020. Seu jogo cresce muito na grama, então não há razão para pensar que não pode vencer o torneio”, finalizou.

Comentários
Loja - livros
Suzana Silva