Notícias | Dia a dia
Djokovic vence fácil e segue invicto na temporada
24/02/2020 às 13h14

Djokovic venceu todos os 14 jogos que disputou na temporada e está invicto há 17 partidas

Foto: Arquivo

Dubai (Emirados Árabes) - Três semanas depois de conquistar seu oitavo título no Australian Open, Novak Djokovic voltou ao circuito exibindo um tênis de alto nível. O número 1 do mundo estreou no ATP 500 de Dubai superando o tunisiano Malek Jaziri, veterano de 36 anos e 260º do ranking, por 6/1 e 6/2. O sérvio precisou de apenas 60 minutos para superar o rival, que há pouco mais de um ano estava na 42ª posição.

Djokovic venceu todos os 14 jogos que disputou neste início de temporada. Além de ter conquistado o Grand Slam australiano, o sérvio ajudou a equipe de seu país a vencer a edição inaugural da ATP Cup. O líder do ranking mundial está invicto há 17 partidas, já que também venceu os três últimos jogos que disputou em 2019, pela Copa Davis.

O adversário de Djokovic nas oitavas de final será o alemão Philipp Kohlschreiber, 80º do ranking, que derrotou o egípcio Mohamed Safwat por 4/6, 6/4 e 6/0. O sérvio lidera por 11 a 2 o histórico de confrontos diante do rival de 36 anos, além de ter levado a melhor nos três últimos encontros. No ano passado, Kohlschreiber surpreendeu Djokovic em Indian Wells.

Embora não precise defender pontos nesta semana, Djokovic tem a liderança do ranking ameaçada por Rafael Nadal, que está disputando o ATP 500 de Acapulco. Para o espanhol recuperar o posto de número 1 do mundo, precisa vencer o torneio mexicano e torcer para que Djokovic não seja semifinalista em Dubai. Com a vitória na estreia nos Emirados Árabes, o sérvio precisa vencer só mais dois jogos para sustentar a liderança do ranking.

Ao longo da rápida partida pela primeira rodada em Dubai, Djokovic conseguiu quatro quebras de serviço, não enfrentou break points e cedeu apenas dez pontos em seus games de saque. Consistente do fundo de quadra e dominando as ações desde o início, o sérvio liderou a estatística de winners por 22 a 5 e cometeu apenas 17 erros não-forçados contra 12 de seu adversário.

Ainda que os dois primeiros games da partida tenham sido longos, Djokovic abriu vantagem logo cedo e já conseguiu uma quebra de serviço. Depois disso, o sérvio venceu 12 pontos em 15 possíveis para ampliar a diferença para 5/0. Só então, Jaziri confirmou um game de serviço pela primeira vez, mas sem conseguir mudar a dinâmica do primeiro set.

A segunda parcial começou equilibrada, com o tunisiano mais consistente no saque, enquanto Djokovic ficou um pouco mais na defensiva. Mas não demorou para que o sérvio encontrasse novamente o melhor ritmo para as devoluções, além de contar com erros e duplas-faltas do rival para conseguir a quebra de serviço. Depois disso, o número 1 do mundo continuou sem ter o saque ameaçado até o final da partida.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis