Notícias | Dia a dia
Nadal tem remota chance de ultrapassar Djoko
24/02/2020 às 08h53

Miami (EUA) - Destronado da liderança do ranking pelo sérvio Novak Djokovic após o Australian Open, o espanhol Rafael Nadal tem a chance de recuperar o número 1 nesta semana, mas para isso precisa de uma difícil combinação de resultados, posto que a distância entre os dois é de 325 pontos e ele ainda defende 45 em Acapulco.

O primeiro passo que Nadal tem que dar nessa árdua missão é vencer o título no ATP 500 mexicano, pois o vice-campeonato dá apenas 300 pontos e é insuficiente para levá-lo de volta ao topo do ranking. Além disso, o canhoto de Mallorca vai precisar torcer contra Djokovic no ATP 500 de Dubai, onde o sérvio é o principal favorito.

Djokovic não defende pontos nesta semana e por isso soma tudo o que conquistar. Como o espanhol pode chegar no máximo aos 9.895 pontos, basta ao atual número 1 faturar 175 pontos nesta semana para garantir a manutenção do reinado e assim encurtar a distância para o suíço Roger Federer e o norte-americano Pete Sampras, os dois que mais tempo lideraram na ATP.

Basta ao sérvio alcançar as semifinais em Dubai para garantir a permanência na ponta. Ele abrirá campanha no torneio contra o tunisiano Malek Jaziri, convidado da organização. Na segunda rodada, o principal perigo deve ser o alemão Philipp Kohlschreiber. Talvez o grande desafio para ‘Nole’ nesta caminhada seja o russo Karen Khachanov, com quem pode cruzar nas quartas de final.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis