Notícias | Dia a dia
Afastado do circuito, Federer perderá o número 3
24/02/2020 às 08h41

Miami (EUA) - Atual campeão do ATP 500 de Dubai, o suíço Roger Federer não poderá defender seu título na competição por causa de uma artroscopia no joelho que o deixará de fora do circuito até a temporada de grama. Com isso ele perderá os pontos conquistados nos Emirados Árabes no ano passado e fatalmente será ultrapassado pelo austríaco Dominic Thiem.

O terceiro lugar será do austríaco na próxima semana, mas poderia ter vindo já nesta caso Thiem tivesse vencido pelo menos mais um jogo no Rio Open. Só que o principal favorito na competição acabou sendo surpreendido nas quartas de final pelo italiano Gianluca Mager, que saiu do qualificatório e foi até a final, acabando com o vice-campeonato.

Federer ainda deverá cair mais no ranking nas próximas semanas, uma vez que defende o vice no Masters 1000 de Indian Wells e o título no Masters 1000 de Miami, totalizando 1.600 pontos nestes dois eventos.

Ainda assim, o suíço pode se manter bem colocado, figurando no top 10. Neste exato momento, se descontarem os 500 pontos de Dubai, os 600 de Indian Wells e os 1.000 de Miami, ele cairia para a sexta colocação, podendo descer um pouco mais caso o grego Stefanos Tsitsipas e o alemão Alexander Zverev consigam somar muitos pontos no próximo mês.

O suíço soma atualmente 7.130 pontos, descontados os 2.100 que defende até o fim de março, ele iria para 5.030. Neste exato momento, Tsitsipas tem 4.745 pontos e Zverev tem 3.885. A distância para o oitavo colocado, o italiano Matteo Berrettini é ainda maior, já que este tem agora 2.860 pontos e só poderá ameaçar Federer durante a temporada de saibro.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis