Notícias | Dia a dia
Monteiro e Wild encaram argentinos, Orlando vence
22/02/2020 às 16h28

Orlandinho venceu a primeira no quali e encara Klizan em busca de uma vaga na chave principal

Foto: Divulgação

Santiago (Chile) - Os dois brasileiros na chave principal do ATP 250 de Santiago irão estrear contra adversários argentinos. O cearense Thiago Monteiro é o cabeça 8 do torneio no saibro e encara o veterano Leonardo Mayer, enquanto o convidado Thiago Wild enfrenta o canhoto Facundo Bagnis.

Monteiro, número 88 do mundo, tem uma vitória e uma derrota nos duelos anteriores contra Mayer, experiente jogador de 32 anos e 109º colocado. O argentino venceu pelo challenger de Buenos Aires em 2016, enquanto o atual número 1 do Brasil levou a melhor no quali para o ATP de Auckland em janeiro deste ano.

Caso supere a rodada de estreia na capital chilena, o canhoto de 25 anos enfrentará um espanhol vindo do duelo entre Jaume Munar e Roberto Carballes Baena. No mesmo quadrante está o também espanhol Albert Ramos, terceiro favorito no torneio.

Já Thiago Wild, de apeans 19 anos e 206º do ranking, tenta a revanche contra Bagnis, dez anos mais velho e 131º colocado. O argentino venceu um duelo entre eles pelo challenger de Campinas em 2018. Se vencer, Wild enfrentará outro argentino, vindo do duelo entre Federico Coria e Juan Ignacio Londero. O cabeça 1 chileno Cristian Garin está neste quadrante.

Orlandinho começa bem no quali
A participação brasileira no qualificatório começou com uma boa vitória de Orlando Luz. O gaúcho de 22 anos e 306º do ranking derrotou o equatoriano Gonzalo Escobar por 6/2 e 6/4. Orlandinho já garante seis pontos na ATP e vai enfrentar o canhoto eslovaco Martin Klizan em busca de uma vaga na chave principal.

Houve ainda um confronto brasileiro com vitória de Pedro Sakamoto sobre o duplista Fernando Romboli por 6/1 e 6/2. Romboli herdou a vaga de última hora após a desistência de outro brasileiro, o canhoto Rafael Matos. Sakamoto encara o vencedor entre o chileno Gonzalo Lama e o eslovaco Filip Horansky.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis