Notícias | Dia a dia
Clezar vira o jogo e derruba mais um favorito
21/02/2020 às 18h23

Vencedor de dois challengers, Clezar pode alcançar a oitava final da carreira

Foto: Arquivo

Morelos (México) - A semana de Guilherme Clezar segue bastante positiva no challenger de Morelos. O gaúcho de 27 anos conseguiu sua quarta vitória seguida no torneio disputado em quadras duras. Ele superou nesta sexta-feira o alemão Daniel Altmaier, cabeça 7 do torneio e número 221 do mundo, com parciais de 3/6, 7/6 (7-3) e 6/4 em 2h05 de partida.

Clezar já havia superado na segunda rodada o indiano Ramkumar Ramanathan, quarto cabeça de chave e 179º do ranking. Ele também passou pelos equatorianos Diego Hidalgo e Roberto Quiroz durante a semana. Seu próximo rival pode ser o austríaco Jurij Rodionov ou o colombiano Alejandro Gonzalez. Vencedor de dois challengers, o gaúcho busca a oitava final da carreira.

Atualmente no 297º lugar do ranking, Clezar tem como melhor marca da carreira a 153ª posição, alcançada em agosto de 2015. A campanha até a semifinal rende 29 pontos na ATP e ele pode fazer 48 pontos se vencer mais uma. O gaúcho de Porto Alegre descarta apenas três pontos nesta semana e vai recuperando quase 30 posições.

Confira como foi a virada de Clezar no México

Depois de não ter enfrentado break points na rodada anterior, Clezar teve o serviço quebrado logo no game de abertura. O gaúcho ainda teria o saque ameaçado no terceiro game da partida e voltaria a ser quebrado na reta final do set. Durante a parcial, o alemão disparou quatro aces e não enfrentou chances de quebra.

Clezar teve melhor desempenho no saque durante o segundo set ao ceder apenas quatro pontos em seus games de serviço. Altmaier disparou oito aces, mas ainda assim teve que salvar dois break points. Em uma parcial inteiramente sem quebras, o atleta brasileiro foi superior durante o tiebreak.

Logo no início do terceiro set, Clezar contou com erros e uma dupla-falta do adversário para conseguir mais uma quebra de serviço e abrir 3/0 no placar. Apesar de não ter bom aproveitamento com o primeiro saque e colocar apenas 46% em quadra, o gaúcho não vinha enfrentando break points e chegou a liderar por 5/2.

Muito dependente do segundo serviço, Clezar foi quebrado quando sacava para o jogo depois de cometer uma dupla-falta. Ainda assim, seguia vencendo por 5/4 e teve a chance de fechar o jogo no serviço do adversário. O alemão salvou um match point com saque e voleio e outro com um winner de backhand. Mas o cabeça 7 do torneio voltaria a cometer erros em momentos decisivos, pemitindo a Clezar consolidar a vitória de virada.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis