Notícias | Dia a dia
Para diretor, desistência de Federer não afeta RG
21/02/2020 às 11h06

Suíço operou o joelho e não disputará Roland Garros neste ano

Foto: Arquivo

Paris (França) - Diretor do torneio em Roland Garros, Guy Forget comentou sobre a desistência de Roger Federer da competição. O suíço passou por uma cirurgia no joelho direito e deverá ficar afastado do circuito por cerca de quatro meses, retornando às quadras apenas na temporada de grama. Dessa forma, é certo que Federer não disputará o Grand Slam francês pela quarta vez nos últimos cinco anos.

"Liguei para o agente dele, Tony Godsick. Roger passou por uma pequena operação para tratar de um problema no menisco que ele já conhecia no passado", disse Forget, ao jornal L'Equipe. "Ele terá que ficar quatro semanas sem fazer outra coisa que não a reabilitação. Se você começar a treinar muito cedo, o joelho pode inchar".

"Entendo muito bem que pode ser complicado para ele retornar ao circuito no saibro e fazer jogos em cinco sets logo depois da cirurgia. É uma decisão sábia. Não é uma lesão muito séria, mas ainda sim teria pouco tempo para a recuperação", acrescentou o ex-número 4 do mundo.

Forget também minimizou o impacto que a desistência do suíço causa para o torneio. "Para um Grand Slam, o impacto da perda de alguém como Federer sempre será menos problemático do que para o torneio da Basileia, por exemplo. Obviamente, você sempre gosta de ter os melhores. A campanha do Roger até a semifinal no ano passado foi incrível e seria ótimo se ele pudesse repetir isso neste ano".

O diretor do torneio destaca que ainda há muita coisa em jogo durante o Grand Slam francês. "A força de um torneio de Grand Slam é que há muitas coisas acontecendo o tempo todo. É aqui que os jogadores escrevem a história. Este ano, teremos a inauguração do teto na quadra Philippe Chatrier. Será que o [Dominic] Thiem pode derrotar Rafael Nadal? Ou o número 1 do mundo Novak Djokovic pode vencer o torneio pela segunda vez? O que Gael [Monfils], que gosta de jogar no saibro, pode fazer no torneio? Veja bem, há muitas coisas pela frente".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis